terça-feira, 30 de maio de 2017

RESENHA: Livro "Em Águas Sombrias" de Paula Hawkins

Meus queridos leitores. Muito feliz de trazê-los mais uma resenha de um super lançamento. E olha... minhas impressões são verdadeiras good news.

TÍTULO: Em Águas Sombrias
AUTOR: Paula Hawkins
PÁGINAS: 364
EDITORA: Record
 Nos dias que antecederam sua morte, Nel ligou para a irmã. Jules não atendeu o telefone e simplesmente ignorou seu apelo por ajuda. Agora Nel está morta. Dizem que ela se suicidou. E Jules foi obrigada a voltar ao único lugar do qual achou que havia escapado para sempre para cuidar da filha adolescente que a irmã deixou para trás.
Mas Jules está com medo. Com um medo visceral. De seu passado há muito enterrado, da velha Casa do Moinho, de saber que Nel jamais teria se jogado para a morte. E, acima de tudo, ela está com medo do rio, e do trecho que todos chamam de Poço dos Afogamentos…
Com a mesma escrita frenética e a mesma noção precisa dos instintos humanos que cativaram milhões de leitores ao redor do mundo em seu explosivo livro de estreia, A garota no trem, Paula Hawkins nos presenteia com uma leitura vigorosa e que supera quaisquer expectativas, partindo das histórias que contamos sobre nosso passado e do poder que elas têm de destruir a vida que levamos no presente.
Em Águas Sombrias é um thriller de 364 escrito pela autora best-seller Paula Hawkins (A Garota no Trem). A obra teve lançamento no Brasil no dia 2 de maio de 2017 pelo Grupo Editorial Record. Com capa de brochura, folhas amarelas e uma revisão perfeita, o livro é uma aquisição obrigatória para fãs do gênero e curiosos. O livro é dividido em 4 partes, com capítulos intercalados entre os personagens, alguns narrados em primeira e outros em terceira pessoa.

De tempos em tempos acontece algo de esquisito, mulheres são encontradas mortas no rio da cidade inglesa de Beckford. Porém desta vez algo incomum chama a atenção da cidade, deixando uma onda de comoção e falatório, ocorreu que as duas últimas vítimas são respectivamente Katie e Nel, morta um mês depois, ou seja, em um curto intervalo de tempo, mulheres que tinham alguma ligação morrem (ou são mortas?) no mesmo lugar.

A investigação envolvendo a morte de Nel cria o enredo principal da obra, uma vez que esta mulher estava escrevendo um projeto que contava a história do rio e do famoso trecho intitulado "Poço dos afogamentos", onde tantas mulheres ao longo dos anos perderam a vida. O projeto era um livro abordando a narrando e a história por trás dessas mortes. O que teria Nel descoberto para que as suspeitas de sua morte fossem além de um provável suicídio?

A mulher deixou uma filha de 15 anos, Lena. A garota era a melhor amiga da penúltima vítima, Katie. Agora sua tia Jules, chega na cidade para tomar providências legais da sobrinha que até então não conhecia mas que de qualquer forma era sua única família. Lena não é uma adolescente fácil e seu luto pela morte da amiga, da mãe e os segredos que estão presos dentro de si a tornarão alguém quase impossível de se conquistar.

Jules sempre teve uma relação difícil com a irmã e as duas carregam uma dramática e interessante história familiar que ajuda a tornar a história um pouco mais sombria, tendo em vista o fascínio que Nel sempre teve naquele lugar marcado de tantas mortes.

A nova detetive que é enviada para cuidar do caso, Erin, junto com o sargento da cidade, Sean, têm papéis fundamentais no desenvolvimento da trama. Cada personagem tem sua importância e todos estão entrelaçados entre si nesse mar (digo, rio) de segredos profundos. A atmosfera do lugar, os acontecimentos recentes ou históricos, tudo deixa o leitor submerso e com a mente cravada no livro.

Minha experiência? Fiquei viciado, como há algum tempo não ficava com um livro. Paula Hawkins me surpreendeu, uma vez que vi críticas divididas de seu primeiro best-seller. A escrita da autora me pegou de jeito, me fazendo sentir o medo, o nojo, a tristeza e a confusão que os intrigantes personagens sentiam. A obra já teve seus direitos autorais negociados e vem aí uma adaptação cinematográfica do livro!

Espero que tenham curtido, beijo na alma!

2 comentários:

  1. Já me indicaram bastante esse livro, e fiquei mais curioso ainda quando soube que é da mesma autora de "A garota do Trem" Vou procurar ler para ver se realmente vale a pena.

    ResponderExcluir
  2. Ola se você gosta de livros visite o blog:
    http://eloidemar.blogspot.com.br/
    Visite estamos disponibilizando mais de 20.000 livros para o seu deleite, estamos postando conforme vamos organizando o nosso conteúdo.

    ResponderExcluir

TWITTER